Por que Evandro Leitão deve desconsiderar convite do PSB

O pré-candidato é presidente da Alece / Dário Gabriel/Divulgação

O convite de filiação do PSB a Evandro Leitão mais atrapalha do que ajuda nos planos do grupo palaciano de chegar à Prefeitura de Fortaleza, no ano que vem.

Simples. Na hipótese de o presidente da Assembleia Legislativa entrar no partido da família Santana, o PT, que já fincou o pé na candidatura própria, ficará ainda mais convencido disso.

Ou alguém supõe que a ida do pré-candidato a prefeito para o PSB inibirá o partido dos também pretendentes Luizianne Lins, Larissa Gaspar e Guilherme Sampaio? Acertou quem pensou “muitíssimo pelo contrário”.

O PT está disposto a entrar de cabeça na sucessão do prefeito José Sarto (PDT). Portanto, a possibilidade de a gestão cair no colo do PSB – visto pelo PT como um grupo menor -, inflamará até os petistas mais comedidos.

Esse panorama soma-se a muitos outros, aqui já comentados, sinalizando que o melhor caminho para Evandro Leitão é ir para o PT.

Disputar a candidatura, internamente, no PT – apesar dos potenciais contratempos já vislumbrados -, pode ser mais viável do que bater de frente com o partido.

Contratempos esses que estão sendo trabalhados, segundo informa à Coluna quem acompanha, muito de perto, as tratativas para a assinatura da ficha de filiação de Evandro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *