Quem vai unir PT-PDT no Ceará?

Manter a aliança é um dos principais desafios dos governistas / Reprodução


Quando quase tudo parecia encaminhado – o candidato governista sairia do PDT e Camilo Santana (PT) disputaria o Senado – eis que foi retomado com força o debate interno no PT sobre candidatura própria ao Governo do Estado. Por que isso pode ser um divisor em todo o tabuleiro de 2022 no Estado? Simples. Para bater o martelo sobre o candidato ao Executivo, a cúpula do grupo abrigado no Abolição terá de considerar a capacidade do ungido em manter o PT de Lula na base do PDT de Ciro Gomes. Anote: quem tiver esse perfil poderá ser a cabeça de chapa do condomínio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.