Sob holofotes, Élcio enfatiza ser elo entre PMF e Governo do Estado

Da Coluna Erivaldo Carvalho, do jornal O Otimista, desta sexta/16:

88Candidato a vice-prefeito de Fortaleza atuou nas gestões Roberto Cláudio e Camilo Santana

Escalado para ser coadjuvante na campanha do candidato a prefeito José Sarto (PDT), o nome a vice, Élcio Batista (PSB) foi empurrado para os holofotes, por força da quarentena imposta ao titular, que se recupera da covid-19. É difícil medir e pesar o bônus e o ônus de uma situação tão atípica. Mas dá para perceber que a exposição do sociólogo à intensa agenda da corrida eleitoral em Fortaleza tem mais acertos do que erros. Particularmente, quando é explorado o óbvio, muitas vezes esquecido: o histórico de atuação de Élcio, tanto na gestão Roberto Cláudio (PDT) quanto na administração Camilo Santana (PT).

Foi o que aconteceu na propaganda de TV da coligação governista. Élcio enfatizou a soma de forças entre Prefeitura e Estado para gerar parcerias. O que mais pesou, politicamente, no entanto, foi o fato, lembrado pelo candidato a vice-prefeito, de ele ter sido secretário de juventude da gestão municipal e chefe de Gabinete e da Casa Civil do governo Camilo Santana. Esse é o ponto. Num palanque eletrônico no qual o bem avaliado governador não pode subir e a participação do prefeito tem limites, Élcio representou o elo que, com Sarto fora do isolamento, talvez não fosse cogitado ou não teria tanto peso.