Inteligência artificial: as transformações na saúde

Logo mais, a partir das 18h desta quarta/18, especialistas da área debatem o tema “Inteligência Artificial Transforma a Saúde”.

Convidados:
Marianna Ferreira, pesquisadora
Ticiana Linhares, cientista de dados
Ney Paranaguá, sócio da Maida.health
Mediação: Pery Negreiros, jornalista

Promoção: TrendsCE

Transmissão: YouTube.com/TrendsCE

Esperteza política e ignorância: dois subprodutos da pandemia

Procura e oferta: preço de teste foi às alturas, depois baixou – menos para algumas gestões públicas / publicação

Já é notório que a calamidade pública, justificada pela covid-19, foi transformada, particularmente no Brasil, não somente em moeda e palanque na disputa político-eleitoral. Também está sendo uma espécie de usina para desvio de dinheiro público. Sob o escudo da inexigibilidade de licitação, gestores – se é que são -, de vários níveis e tamanhos, ficaram menos constrangidos em se locupletar às custas da maior tragédia humana da presente era. Mas se engana quem imagina que a malversação acontece somente na aquisição de equipamentos caros e complexos. Pelo contrário – e com as exceções de sempre.

Dando o devido desconto por estarmos em período eleitoral – onde tudo é ampliado -, pipocam em inúmeros estados e municípios denúncias de superfaturamento no pagamento de testagem para o novo coronavírus. Grosso modo, o esquema funcionaria assim: no auge da pandemia, o preço médio do procedimento furou o teto de qualquer decência. Foi a alturas inimagináveis. Quando a demanda foi estabilizada pela alta oferta, não houve redução nos custos outrora desembolsados. Assim, o poder público segue pagando, no pior cenário, até três vezes o valor cobrado na farmácia da esquina mais próxima.

Da arte de seguir na contramão do bom senso
Não foi somente a esperteza deles de cada dia que a pandemia fez brotar no meio político. Aqui e ali, a santa ignorância dá o ar da graça. Nesta quinta-feira (22), na Assembleia Legislativa, acreditem, havia deputados defendendo a flexibilização do uso da máscara – principal barreira física contra contaminação pelo coronavírus. Logo agora, quando estamos apreensivos sobre uma possível segunda onda de covid-19. Através de emenda a um projeto que estava sendo votado, o parlamentar foi à última instância da Casa, o plenário, onde, felizmente, foi derrotado pelos pares.

TrendsCE realiza webinário com Hitendra Patel, consultor referência em inovação

Evento será transmitido pelo Youtube

Logo mais às 19h desta quinta/15, a plataforma TrendsCE promove webinário com o consultor Hitendra Patel, com o tema “Soluções além de 2m de distância”.

Patel é CEO e fundador da empresa de consultoria IXL Center.

Presente em 12 países, a IXL Center é referência mundial para inovação e crescimento de negócios.

São mais de 200 clientes globais atendidos, a exemplo da NASA, Disney, P&G, Natura e Havaianas, além de governos, ONG’s e universidades.

No Ceará, a consultoria vem desenvolvendo edições do Programa 10X, criado para acelerar o crescimento de empresas locais.

O webinário será transmitido pelo Youtube.

Roberto Cláudio tem 45,2% de “bom” e “ótimo”, e 33,5% de “ruim” e “péssimo”

Prefeito foi eleito em 2012 e reeleito em 2016 / Facebook

A dois meses e meio de passar a faixa a seu sucessor, a ser eleito em novembro próximo, o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT), é avaliado como “bom” e “ótimo” por 45,2% dos eleitores da Capital.

Os dados são de pesquisa do Instituto Paraná, divulgada nesta segunda/12.

No levantamento, que também trouxe dados sobre a intenção de voto para prefeito, RC é considerado “bom” para 30,7% e “ótimo” para outros 14,5%.

Para 33,5%, Roberto Cláudio tem desempenho “regular”. Já para 19,3%, o prefeito é “ruim” (5,4%) ou “péssimo” (13,9%).

Forram entrevistados 740 eleitores, entre os dias 9 e 11 de outubro. Eles responderam à seguinte pergunta:

“A administração do Prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, está sendo ótima, boa, regular, ruim ou péssima?”

A pesquisa foi registrada no TSE sob o número CE-07388/2020.

Parceria Instituto Brasil África e SouthBridge Group vai aproximar empresários brasileiros de mercado africano

João Bosco Monte, presidente do Ibraf: possibilidades de negócios a curto, médio e longo prazos

Aproximação, conexão e investimentos. Esse é o tripé dos negócios sustentados. Particularmente, num ecossistema que, por conta do isolamento social forçado, acelerou o uso das ferramentas de longo alcance.

No epicentro dessa nova dinâmica, estão organizações como o Instituto Brasil África (Ibraf), que promove engajamento entre o Brasil e o continente africano, visando ao desenvolvimento econômico, nos governos e mercados privados.

A expertise do instituto acaba de gerar mais um produto: um acordo de colaboração com o grupo pan-africano SouthBridge, organização de consultoria e soluções financeiras para os setores públicos e privados na África.

Com o entendimento, as organizações criarão uma plataforma que tornará mais fácil a aproximação de empresários brasileiros com as vastas oportunidades de investimentos disponíveis no continente africano.

A parceria foi firmada pelo professor João Bosco Monte, presidente do IBRAF, e Andrew Alli, CEO do SouthBridge Group.

Segundo Bosco Monte, a parceria entre o IBRAF e o SouthBridge Group vai favorecer análises sobre as principais possibilidades de negócios que existem a curto, médio e longo prazos no continente africano – e sobre quais setores brasileiros podem aproveitá-las.

O Acordo entre o IBRAF e o SouthBridge Group vem também para reforçar o Fórum Brasil África 2020 como um dos principais ambientes de negócios para parcerias entre as duas regiões.

O evento contará com a presença de grandes players dos dois mercados e oportunidades de encontros estratégicos com investidores.

O BAF 2020 realiza-se nos dias 3 e 4 de novembro em edição online. O tema será “Superando os desafios da pandemia: o que vem a seguir?”. O registro, gratuito, já está aberto.

Sobre o Instituto Brasil África
Organização sem fins lucrativos que visa promover a cooperação internacional e o engajamento entre o Brasil e o continente africano, defendendo o desenvolvimento econômico dos países, a convergência dos interesses do setor privado e a valorização das relações multilaterais.

Sobre o SouthBridge Group
Grupo pan-africano que fornece soluções financeiras e serviços de consultoria para clientes públicos e privados em todo o continente africano. Tem uma sólida reputação na estruturação de fundos, consultoria e reestruturação de dívidas, bem como no financiamento de projetos.

Auxílio emergencial muda governo Bolsonaro de patamar e deve impactar eleições

Da Coluna Erivaldo Carvalho, do jornal O Otimista, desta segunda/24:

Presidente da República melhorou imagem, segundo o Datafolha, ao nível de início de mandato

O Planalto prepara, esta semana, uma grande cerimônia. Previsto para esta terça-feira (25), o evento pretende anunciar medidas de recuperação da economia nacional. O ponto alto deverá ser a prorrogação do auxílio emergencial, até dezembro deste ano. Anotem: esse ato político poderá ser a consolidação da virada de imagem de Jair Bolsonaro Brasil afora, com impactos diretos na disputa por prefeituras e câmaras municipais – inclusive em Fortaleza, na sucessão do prefeito Roberto Cláudio (PDT).

O ato acontecerá poucos dias depois de o terceiro andar do Palácio correr para o abraço, com pelo menos duas notícias alvissareiras, anunciadas pelo prestigiado Datafolha: a recuperação da imagem do inquilino mor – equivalente ou melhor em relação ao início do mandato -, e a desvinculação da imagem do presidente das dezenas de milhares de mortes provocadas pela Covid-19.

O que tudo isso tem a ver com a disputa eleitoral em Fortaleza? Tudo. A força do bolsonarismo ou antibolsonarismo – duas das principais variáveis deste atípico 2020 -, será proporcional ao agregado eleitoral – ou repelência -, de Jair Bolsonaro. O raciocínio é simples: com o governo e o desempenho pessoal bem avaliados, o presidente será um dos maiores – se não o maior -, cabo eleitoral de novembro próximo.

TrendsCE: Bruno Girão, da Betânia Lácteos, participa da série “O sucesso das empresas familiares no Ceará”


A série “O sucesso das empresas familiares no Ceará: um potencial de bons investimentos” segue nesta terça/11, com Bruno Girão, CEO da Betânia Lácteos, marca cearense líder do setor no Nordeste.

Realizado pela TrendsCE, plataforma especializada em conteúdos de negócio do Estado, o webinar, segundo da série, começa às 20h.

Transmitido pelas plataformas digitais da TrendsCE, o diálogo será mediado por Eduardo Gomes de Matos, sócio e chairman da Gomes de Matos Consultores Associados.

A iniciativa objetiva compartilhar modelos de empresas familiares que foram implementados, gerando cases de sucesso no Estado.

De acordo com a assessoria de imprensa da plataforma, além de Bruno Girão, estarão entre os convidados Ticiana Rolim, Ari de Sá Neto e Jorge Pinheiro.

Confira programação:
11/08: Convidado Bruno Girão (CEO da Betânia Lácteos)
19/08: Convidada Ticiana Rolim (diretora de Gente e Impacto Social da C. Rolim Engenharia)
25/08: Convidado Ari de Sá Neto (fundador e CEO da Arco Educação)
31/08: Convidado Jorge Pinheiro (presidente do Hapvida)

A decisão de Camilo

Muito bem reeleito, governador tem avaliação positiva no enfrentamento da crise pandêmcia

A decisão de Camilo Santana em brecar o esperado retorno de aulas presenciais, bares, cinemas, shows, espetáculos e academias, na 4ª fase de reabertura econômica, tem base técnica.

Atividades que causam aglomeração – atual inimigo público número um da saúde, em todo o mundo -, foi o risco calculado, que serviu de base para o anúncio.

Admita-se, a situação é frustrante para empresários dos setores, desaponta o público frequentador desses ambientes e não é confortável para o próprio governador.

Mas foi o que apontou o comitê que monitora a situação da pandemia no Ceará.

Dito isso, algumas considerações, para além da esdrúxula dicotomia vida-economia.

1 – Camilo afirma que a decisão é baseada no que dizem os especialistas – apesar de a posição final ser dele. Ou seja, o governador divide com o comitê o ônus da decisão.

2 – Bem avaliado até aqui, o governo Camilo vem se desdobrando no enfrentamento da pandemia, com ações efetivas e responsáveis. Essa imagem blinda decisões amargas.

3 – Reeleito com quase 80% dos votos há menos de dois anos, o governador tem um colchão super king size de aprovação popular. Isso amortece eventuais desgastes.

Diante de tais escudos, empresários pressionam, estrebucham e anunciam o fim do mundo. É compreensível.

Mas há pouco a fazer. Resta esperar e torcer que os próximos boletins da Covid-19, que já matou mais de 7 mil no Estado, tragam melhores notícias.

Focada em conteúdos de negócio e investimentos, nasce a TrendsCE

Plataforma promete ser hub de informação no Ceará

Conteúdos estratégicos, que conectarão oportunidades de negócio e investimentos. Com essa proposta, será lançada nesta quarta/8, a TrendsCE. Multiplataforma, o conceito reúne análises, cenários, tendências de mercado e mineração de dados.

Para marcar o momento, haverá o debate “Retomada do Crescimento Econômico e Políticas de Desenvolvimento Regional”. Mediado pela jornalista Mara Luquet, o evento começa às 19h. Será transmitido pelo Youtube.

Vice-presidente Nordeste da Federação Brasileira de Câmaras de Comércio Exterior, o advogado Rômulo Alexandre Soares comentou para o Blog do Erivaldo Carvalho a importância de instrumentos como a TrendsCE.

“É vital a criação de espaços de difusão de conteúdo qualificado, que tratem de forma refinada a realidade como ela é”, declarou.

Operador jurídico com experiência em atração de investimento estrangeiro, Soares será um dos analistas da plataforma. “Tenho confiança que a TrendsCE ocupará uma posição de destaque nesse contexto”.

A plataforma nasce com a expectativa de ser um hub de informação no Ceará.

Em Fortaleza, particularmente, a TrendsCE chega num momento em que a Capital consolida arranjos institucionais, como a Fortaleza Competitiva, e Fecomércio e Fiec vivem expectativas de retomada da economia.

O prefeito Roberto Cláudio e os presidentes Maurício Filizola (Fecomércio) e Ricardo Cavalcante (Fiec) participarão do debate de lançamento da TrendsCE.

Também estarão na discussão o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues Júnior, e o diretor de Administração e Finanças do Sebrae nacional, Eduardo Diogo.

CEO do empreendimento, Marcos André Borges destaca que a TrendsCE foi concebida antes da pandemia, com genética digital. Isso quer dizer, reforça, que a plataforma nasce conectada com o novo normal.

“A TrendsCE é uma célula viva, antenada com todas as tendências de negócio que estão acontecendo no mercado global, nacional, regional e local”, afirma.

.

SERVIÇO
Lançamento da TrendsCE
Debate: Retomada do Crescimento Econômico e Políticas de Desenvolvimento Regional.
Mediação: Mara Luquet
Data: 8/7, às 19h
Transmissão: YouTube https://bit.ly/2NFhy3I