E assim se formou o resultado do 2º turno em Fortaleza

Sarto e Capitão: estratégias, erros e acertos na corrida pela Prefeitura de Fortaleza

Capitão Wagner: da liderança à desconstrução
O candidato do Pros começou a campanha com astral lá em cima, para segurar a liderança nas pesquisas. Ele sabia que viriam as pesadas tentativas de desconstrução – como vieram. No meio do processo, começou a acusar o golpe, até que, sem outra opção, partiu para a tardia defensiva. Por fim, foi ao contra-ataque, já sem forças e tempo para reverter o cenário desfavorável.

José Sarto: três etapas e duas metas a cumprir
O candidato do PDT seguiu o script que qualquer candidato na condição dele seguiria: apresentação ao grande público, no início; associação aos bem avaliados Roberto Cláudio e Camilo Santana no meio do processo e, por fim, ser propositivo. Além disso, tinha diante de si duas metas claras: passar Luizianne Lins (PT) no primeiro turno e derrotar o Capitão no segundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *