Mais de 70% dos eleitores de Fortaleza ainda não têm candidato a prefeito

Primeiro turno será no dia 15 de novembro / Reprodução de Internet

Primeira de uma série de quatro pesquisas previstas para esta semana, a sondagem do Instituto Paraná para prefeito de Fortaleza mostra que 70,2% dos eleitores não sabem em quem vão votar para suceder o prefeito Roberto Cláudio (PDT).

O índice aparece na modalidade espontânea – quando o instituto pergunta “Se as eleições para Prefeito(a) de Fortaleza fossem hoje, em quem o(a) Sr(a) votaria?”. São três possíveis respostas:

1) Não sabe
2) Ninguém
3) Quem?___________________

A opção “Não sabe” foi marcada por 58,8% dos entrevistados. Outros 11,4% preferiram a resposta “Ninguém”.

Na mesma abordagem, os percentuais de citação dos candidatos a prefeito foram os seguintes:

Capitão Wagner: 12,8%
Luizianne Lins: 5,7%
Sarto: 4,6%
Heitor Férrer: 2,0%
Renato Roseno: 1,4%
Célio Studart: 0,9%
Heitor Freire: 0,8%
Outros nomes citados: 1,6

Na cotação do dia, pode-se dizer que a disputa na Capital está em aberto.

Não surpreende.

Tradicionalmente, o envolvimento do grande público com a disputa eleitoral acontece na reta final da campanha.

Temos muita disputa pela frente, até o 1º turno (15/11) e ainda estamos no início da 2ª semana de propaganda no rádio e TV.

Some-se a isso o 2020 pandêmico. Com tantos medos e sequelas à sua volta, o eleitor, dificilmente, está colocando a votação para prefeito no topo de suas preocupações diárias.

As severas restrições a atos eleitorais de rua – que retardam o envolvimento e o processo de escolha do candidato preferido -, também devem ser consideradas.

Tudo somado, também é previsível que sejam baixos os índices de intenção de voto entre os candidatos.

O Instituto Paraná entrevistou 740 eleitores, de sexta a domingo últimos, sob o registro no TSE CE-07388/2020.

A pesquisa, bancada pelo próprio instituto, foi divulgada na manhã desta segunda/12, pelo site CN7.

Ao longo da semana deveremos ter mais três pesquisas, nessa sequência: Ibope, IBPI e Datafolha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *