Bolsonaro e as relíquias da morte

A partir de agora, será divulgado número de óbitos somente das últimas 24 horas

O negacionista governo Bolsonaro anuncia o mais novo método de combate à pandemia: manipular a divulgação do número de mortos.

A partir de agora, não mais será distribuída a informação sobre o total de vítimas – somente o das últimas 24 horas – e depois do horário nobre dos telejornais.

O ministério da Saúde diz que os óbitos acumulados não refletem a realidade. Para um bom entendedor, é a senha de que os números da pandemia no País, de alarmante subnotificação, poderão ser maquiados.

Como se sabe, sequestrar e violentar informações até elas admitirem o que o torturador deseja é uma prática corrente de governos autoritários.

A mudança dos critérios – ainda obscuros -, para contagem de mortos será liderada pelo novo secretário de ciência e tecnologia do ministério, Carlos Wizard.

Em inglês, “Wizard” quer dizer “bruxo” ou “feiticeiro”.

Está explicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *